Ranking coloca Florianópolis como a 90ª cidade mais sustentável do Brasil

O Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades, o IDSC-BR, é uma ferramenta criada para monitorar e estimular as cidades brasileiras a cumprirem as práticas de ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) que a ONU traçou para 2030: são 169 metas de desenvolvimento distribuídas em 17 objetivos principais, como erradicar a pobreza e produzir e consumir de forma responsável.

Ponte Hercílio Luz e Forte Santana - Ricardo Neves/Pixabay

E o primeiro Mapa de Desempenho dos 5.570 municípios brasileiros divulgado pelo IDSC-BR, uma espécie de ranking da sustentabilidade, mostra que o estado e a capital de Santa Catarina ainda têm muito trabalho a realizar. Enquanto todas as cidades do Top-10 do ranking são do Estado de São Paulo, com São Caetano do Sul ocupando a primeira posição no ranking de sustentabilidade das cidades brasileiras, Florianópolis está apenas na 90ª colocação geral - em uma pontuação que vai de 0 a 100, a capital catarinense obteve 60,37 pontos.

Coleta seletiva de lixo em Florianópolis - PMF A cidade mais bem ranqueada do estado, segundo o IDSC-BR, é Luzerna, que fica no Meio-Oeste Catarinense e é a 39a cidade mais sustentável do país. Em seguida vêm Balneário Camboriú (49a), Jaraguá do Sul (67a), Florianópolis (90a) e Itapema (121a) como as cinco cidades catarinenses mais sustentáveis no ranking brasileiro.

Centro de Florianópolis - PMF


6 visualizações0 comentário