top of page

IBAMA: “A madeira do manejo florestal é a melhor ferramenta para valorizarmos a floresta em pé”

Esta semana teve como data marcante o Dia de Proteção às Florestas, celebrado na última segunda-feira, 17 de julho, para lembrar as pessoas que nossas vidas e o futuro do planeta dependem da preservação das matas. A data foi escolhida por ser o dia do folclórico Curupira, o protetor das florestas.

Fonte: Pixabay As florestas oferecem comida, remédios e água, sequestram carbono e regulam o clima, protegem rios, evitam erosões e abrigam grande parte da biodiversidade do planeta. Sem falar na sua enorme importância social e econômica – fornecendo, por exemplo, materiais renováveis e sustentáveis que não agridem o meio ambiente e favorecem a qualidade de vida humana.


Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o Brasil tem a 2o maior área florestal do mundo: são 500 milhões de hectares.

Fonte: Pixabay

É justamente para preservar toda essa riqueza natural que o Ibama pretende zerar o desmatamento ilegal até 2030: “Nós temos seis biomas terrestres com altíssima riqueza biológica, além do bioma marinho. A meta do desmatamento zero é possível com ações de inteligência, uso de imagens de satélite e operações em terra”, diz o presidente do Ibama, Rodrigo Agostinho.


Rodrigo Coutinho, presidente do Ibama | Fonte: Governo Federal


Mas a fiscalização rigorosa não é a única medida que o Ibama adotou para acabar com o desmatamento ilegal, como explica o coordenador de Gestão do Uso Sustentável da Flora (Cousf), Ramiro Hofmeister:


“O desmatamento é motivado por uma questão econômica e uma forma de lutar contra isso é comprar produtos que não impactem no desflorestamento, valorizando a bioeconomia. Nada é mais forte na bioeconomia da Amazônia do que a produção florestal sustentável de madeira”.


Ele completa:


“Ao comprar madeira legal, o individuo incentiva os proprietários de terra a manter a floresta em pé, produzindo madeira, do que trocar as florestas por pastagem ou lavoura. A bioeconomia ligada ao manejo florestal é a mais forte ferramenta que temos para valorizar a floresta em pé”.




Todos os revestimentos naturais que você encontra na Morada Eco são aproveitados com manejo florestal sustentável e podem ser rastreados atá a origem. São produtos que também possuem certificações ambientais reconhecidas internacionalmente – como FSC, Greenguard e PEFC.

*Com informações do Governo Federal.


6 visualizações0 comentário

Yorumlar


bottom of page